poesia

Gêneros literários

Nós, seres humanos, possuímos uma necessidade enorme de classificar diversos assuntos e visões. É assim que conseguimos entender melhor tudo ao nosso redor.

O mercado literário, unindo o funcional com a categorização, vem crescendo cada vez mais com o tempo. Com o uso dos gêneros literários, podendo ser definido como uma verdadeira categorização dos diversos tipos textuais desde a Grécia antiga, somos capazes de criar histórias com diferentes tipos de narrativas, gerando uma série de sensações diferenciadas.

Gêneros literários: o que é e como começou

É correto afirmar que esta nova visão de mundo tenha começado com o incrível Aristóteles, inventor de diversas ciências e pioneiro na utilização dos estilos literários. Nesta época, existiam somente três gêneros literários, sendo eles:

  • Lírico;
  • Épico;
  • Narrativo/Literário.

Os livros geralmente contavam contos épicos baseadas em estórias de heróis, tal como a Odisseia e a Ilíada. Os livros líricos tratavam-se de poesias e livros com tom dramático, sendo uma inspiração para futuros teatros e comédias.

Até mesmo nos dias de hoje, a classificação criada antigamente pelo filósofo já citado existe. A diferença vai ficar entorno dos subgrupos que os autores foram criando de acordo com suas obras, também sendo uma jogada comercial para deixar mais livre o comercio das livrarias, editoras e distribuidores.

O gênero literário lírico ou narrativo também se destaca um pouco dos seus irmãos, sendo algo a respeito da forma que a estrutura aparece no texto. Ele funciona assim:

  • Crônica

Narrativa que contempla textos que consigam relatar situações mais cotidianas em ordem cronológica, contemplando o humor ou uma crítica interna sobre a sociedade;

  • Fábula

Estórias mais voltadas para o fantástico mostrando uma visão moral;

  • Novela

Um pouco mais curto que um romance, mas não sendo curto igual um conto;

  • Ensaio

A partir de um ponto-de-vista, sem qualquer prova ou argumentação, o autor coloca sua opinião junto a sum ensejo;

  • Contos

Narrativas curtas e breves;

  • Epopeia

Um poema mais longo que ressalte aventuras de um herói;

  • Romance

Descrições mais longas dos sentimentos ou comportamentos dos personagens, sendo maior e mais complexo que uma narrativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *